Análises

Monster Boy and The Cursed Kingdom – Análise – Monstruoso

Levou quatro anos a ser produzido, mas pelo resultado valeu a pena. Monster Boy and The Cursed Kingdom é…

Continue reading

Mutant Year Zero: Road to Eden – Análise – Uma agradável surpresa

Mutant Year Zero: Road to Eden é a surpresa mais agradável que tive este ano. É um…

Continue reading

Astrobot – Análise – Uma aventura a 360°

Astrobot eleva a realidade virtual a níveis estratosféricos com uma aventura criativa, original…

Continue reading

PlayStation Classic – Análise – Os jogos são bons mas a emulação fica aquém

Com a sua notável e variada biblioteca de jogos, a PlayStation original é uma das melhores consolas da história…

Continue reading

Darksiders 3 – Análise – Furiosos problemas

A saga Darksiders tornou-se numa das minhas favoritas na geração anterior, mas com a falência da THQ, confesso que…

Continue reading

Spyro: Reignited Trilogy – Análise – Nostalgia em 3D

Antes de produzirem Marvel’s Spider Man, Sunset Overdrive, Resistance e Ratchet & Clank, a Insomniac Games, com estúdios na…

Continue reading

Fallout 76 – Análise – Refazendo a América

Algumas das minhas melhores experiências no âmbito dos jogo role play foram-me proporcionadas pela Bethesda. Da actual e anterior…

Continue reading

Battlefield 5 – Análise – Teatro Bélico

Existem actualmente muitos jogos de guerra, mas nenhum deles consegue replicar tão bem a confusão e caos que existe…

Continue reading

Poké Ball Plus – A melhor forma de jogar Pokémon Let’s Go?

Pokémon Let’s Go, Pikachu! Let’s Go, Eevee! é um dos lançamentos mais importantes do ano para a…

Continue reading

Hitman 2 – Análise – frio e letal

A série Hitman começou em 2000, com Codename 47, lançado em exclusivo para o PC. Criado pelo estúdio dinamarquês…

Continue reading