Criadores de Temtem baniram 900 jogadores

Tolerância zero com batoteiros.

Temtem está disponível em acesso antecipado para PC e a Crema, estúdio Espanhol responsável pelo jogo, não tem qualquer tolerância para os batoteiros.

O estúdio decidiu banir 900 pessoas e declarou que não permitiria qualquer batota, mas as críticas da comunidade estão a forçar a Crema a rever a sua postura e permitirá que os jogadores podem reclamar uma revisão à sanção.

Estas 900 pessoas foram as primeiras banidas em Temtem e a companhia diz estar 100% que são batoteiras.

“Verificamos a 100% que todos os utilizadores banidores são batoteiros ou usaram exploits intencionalmente,” disse a equipa no Twitter oficial do jogo.

No entanto, surgiram diversas queixas de jogadores que foram banidos porque usaram exploits acidentalmente e exigem que seja comunicado como foi feita essa descoberta e o que conta como exploit.

Horas mais tarde, a Crema actualizou a situação com uma nova mensagem, na qual diz ter voltado a verificar todas as contas banidas, mesmo os que dizem que nada de mal fizeram, para ter a certeza que foram banidas com razão.

“Não confiem nos batoteiros. Apenas querem saber mais informações para evitar serem apanhados da próxima vez. Vão mentir sobre tudo para obter mais informação é a mínima possibilidade de anular a sanção.”

A Crema informa ainda que os jogadores que descobrirem casualmente um bug ou exploit não serão banidos, apenas os que propositadamente e repetidamente abusarem desses exploits.

Apesar de estar totalmente certa que as sanções foram bem aplicadas, diz que permitirá aos jogadores recorrer da decisão e avaliará novamente esses casos.

Share