Death Stranding tirou a banda Low Roar da sarjeta

Sony pagou pela licença das suas músicas.

Se acompanhaste Death Stranding na sua fase pré-lançamento, sabes que, tal como no jogo final, Hideo Kojima recorreu a diversas músicas para os trailers através dos quais promoveu o jogo.

O primeiro trailer do jogo, revelado na E3 2016, foi o primeiro exemplo da paixão de Kojima pela banda Low Roar, praticamente desconhecida e que através do tema “I’ll Keep Coming” conquistou a atenção do mundo.

Tudo graças a Kojima e à sua insistência em usar a música no trailer de revelação do jogo, o que despertou uma onda de curiosidade para a banda.

Segundo partilhado por Ryan Karazija, os dias eram passados a compor e gravar música num portátil na sua cozinha, incerto sobre o futuro, mas tudo mudou quando recebeu um email da Sony a oferecer uma quantia de dinheiro para usar um tema sem.

Karazija diz que a Sony não partilhou muitos detalhes e apenas propôs uma certa quantia de dinheiro para usar a música “I’ll Keep Coming”, sem sequer especificar no que seria usada.

“Na altura, estávamos na sarjeta, por isso aceitamos. E acontece que foi para Death Stranding,” diz Karazija.

Aquele primeiro trailer com Norman Reedus na praia despertou a curiosidade pela banda e aos poucos começaram a crescer, tornando-se conhecidos em todo o globo de uma forma inesperada.

Ao longo de Death Stranding, escutas diversos temas dos Low Roar, seja no início com “Bones” ou mais tarde com “Patience”, entre muitos outros.

Kojima revela uma grande paixão e fascínio pelos Low Roar, cujos temas explorados pela banda e pelo jogo são tão próximos que poderás até ficar a pensar que as músicas foram feitas a pensar no jogo.

Perante esta nova vaga de fãs, os Low Roar estão a aproveitar o momento e dão mais concertos do que jamais pensariam.

Share