NieR: Automata esteve perto de ser cancelado porque Yoko Taro não gosta de acordar cedo

É provavelmente um dos títulos mais estranhos que tiveste a oportunidade de ler, mas tendo em conta que envolve Yoko Taro, podemos esperar de tudo.

Yoko Taro, criador da série Nier, trabalhou com a Platinum Games para dar vida a NieR: Automata e segundo diz, o jogo esteve perto de ser cancelado devido a problemas de horário.

Tudo porque Taro não gosta de acordar cedo e isso criou conflitos com a Platinum Games.

Numa entrevista com o USGamer, onde esteve acompanhado por Takahisa Taura da Platinum Games, Taro partilhou que não gosta de acordar cedo e isso causou alguns problemas no desenvolvimento do seu aclamado jogo.

“A Platinum Games começa a trabalhar às 9:30 da manhã e enquanto freelancer, não posso acordar tão cedo,” disse Taro.

“Devido a isto, passamos um mês onde discutíamos constantemente sobre isso e NieR: Automata chegou a estar perto de ser cancelado porque começavam a trabalhar demasiado cedo para mim. Isto não é uma piada,” disse Taro.

Parece brincadeira, vinda do excêntrico Taro, mas ele diz que não é e que tiveram mesmo esta dificuldade.

No entanto, avança que já não acontece isto na Platinum Games e que os seus funcionários até podem chegar mais tarde, ficando a trabalhar até mais tarde para compensar.

Publicidade

Share

Leave a Reply